Somos aEscola da Diversidade Tornamos empresas mais diversas e inclusivas.
Desenvolvemos talentos para o mercado de trabalho.

Responsabilidade afetiva no ambiente profissional: saiba o que é e como aplicar na prática

Responsabilidade: diz respeito à condição ou qualidade de alguém em ser responsável. Essa consciência dá ao agente responsável ou portador da responsabilidade a obrigação de reparar os danos causados a outros através da realização de seus atos. Afetividade: capacidade do ser humano de…

Caminhos e desafios para promover a inclusão no mercado de tecnologia no país

A pandemia de Covid-19 trouxe, além de crises econômicas, o aumento da busca pelo mundo digital. E, além de todos os problemas, também impactou em desafios para promover a inclusão no mercado de tecnologia. Nesse mundo digital, seja como fonte…

Futuro do trabalho, reskelling e upskilling

Direta ou indiretamente a pandemia de Covid-19 provocou transformações irreversíveis em diferentes aspectos (saúde, social, empresas, educação, economia, consumo, meio ambiente). O mundo do trabalho foi severamente impactado por tais mudanças e, como sempre digo, quem não se adaptar à…

Positividade tóxica: saiba como lidar com a pressão por ser feliz em tempos de crise

De uns tempos para cá, frases como “devemos buscar sempre a parte boa das situações”,” ver o lado cheio do copo’”, “não nos deixar abater pelas ‘emoções ruins’” (ou tantas outras similares) têm sido mantras cada vez mais presentes na…

Quem você é sem o seu sobrenome corporativo?

Quem você é SEM o seu sobrenome corporativo? Sabe aquelas siglas, números e nomenclaturas? Esquece. Sabe aqueles fornecedores que te procuravam insistentemente? Sumiram. Sabe aquela equipe que você liderava? Esquece. Sabe os benefícios que a empresa propiciava? Sumiram. Sabe aquela…

Potências Negras TEC: Itaú Unibanco, Trybe e outras marcas se unem para abrir caminhos e mostrar que o mercado de tecnologia é para todos

Conhecimento, capacitação, recrutamento, cultura, representatividade e milhares de vozes potentes para empoderar a jornada de profissionais negros e combater a desigualdade racial no mercado de trabalho da tecnologia! Esses são alguns dos objetivos do Potências Negras Tec, que será realizado…

Enegrecendo a tecnologia: mega evento online e gratuito busca tornar mais inclusivo o mercado que mais cresce no mundo

No dia 14 de agosto, das 9h às 20h30, acontece o Potências Negras Tec, uma maratona de conteúdo para mostrar que tecnologia também é coisa de preto! O objetivo é abrir caminhos para pessoas pretas e pardas que querem embarcar…

O que você vai desenvolver

As habilidades comportamentais (soft skills) mais importantes para sua carreira.

  • Liderança
  • Criatividade
  • Boa Comunicação
  • Visão De Futuro
  • Propósito Claro
  • Produtividade
  • Empatia
  • Coragem
  • Disciplina
  • Pró-atividade
  • Antifragilidade
  • Carisma
  • Mindfulness
  • Inteligência Emocional
  • Autoconhecimento

Por que isso é tão importante?

Que o mundo mudou a gente sabe, mas mudou como? Por que? E tá indo pra onde? #ajudaluciano

Fica tranquilo, pois não é só você que está meio perdido; o mundo inteiro vive essa incerteza. E não, a gente não sabe exatamente pra onde isso vai. Mas nós sabemos três coisas:

A forma como vivemos o trabalho precisa mudar

Trouxemos uma cultura hierárquica, patriarcal e segregadora da revolução industrial, igreja e exércitos para nossas empresas – e ainda não tiramos elas de lá. Com isso, vivemos um mundo onde trabalho não é sinônimo de prazer, mas sim de dor. Um mal que é necessário. Que gera depressão e frustração. Que vende um sucesso profissional impossível e mentiroso.

A tecnologia está tomando nossas habilidades técnicas

A revolução industrial foi bem clara: quem produz mais e melhor, é melhor. E não precisamos de muitas delongas para te convencermos de que um robô aperta parafusos melhor que nós, que uma calculadora faz contas mais complexas que nós e que um software reconhece e organiza padrões (muito) mais rápido que nós.

O que sobra?

Tudo que te torna realmente humano. E, por isso…

Temos que aprender a ser humanos

Sabe o que não tem mudado nos últimos 10.000 anos? Você. Sim, você mesmo, ser humaninho. Suas emoções, sensações, hormônios e comportamentos são basicamente as mesmas nesse meio tempo – e vão continuar sendo por alguns anos mais.

Por isso, o portal de Delfos na Grécia antiga já dizia: conhece a ti mesmo. Entender como você funciona é a chave para agir numa sociedade em constante mudança, mas que tem como centro a coisa mais complexa que conhecemos: nós.